fbpx

Dr.Osler: A Medicina que Você Estuda Foi Influenciada Por Ele

Por  L.F.G Melo

Mais que um médico extraordinário,  um humanista, William Osler revolucionou o ensino da medicina esbanjando um pouco de sua genialidade e cuidado com as pessoas. 

Tão longe da simples prática médica, mas próximo da Medicina como Arte e cuidado com os pacientes.  Osler os tratava como um bom artista trata e maneja suas tintas e tem cuidados com seus pinceis.  

Para ele, o paciente era mais que sua chaga, era quem possuía a chaga, por traz de toda doença existia uma história, uma pessoa, e tratar dela de maneira humanista era o que Osler fazia de melhor. Assim, era julgado que seus alunos também o fizessem.

Imagem#1: Osler, o pai da Medicina à beira do leito. Fonte: https://www.gettyimages.co.uk/detail/news-photo/william-osler-at-the-bedside-of-a-patient-photograph-1903-news-photo/515581818

MINI BIO: 

Osler nasceu em 12 de julho de 1849 em Bond Head, um presbitério em Tecumsed Township, em Ontario. 

Filho de Featherstone Lake Osler (pastor anglicano) e Ellen Free Pickton (missionária inglesa), e mais novo de sete irmãos, graduou-se médico na Universidade de McGill em Montreal em 1872, destino bem contrário ao que lhe era imposto em primeira instância: teria se tornado diácono anos antes. Porém, seu destino estaria marcado em toda a história da medicina séculos depois.

Logo após terminar a faculdade, viajou para a Europa, onde deu continuidade aos seus estudos e, voltando em 1875 ao Canadá, foi nomeado professor da McGill e no ano seguinte, patologista do Hospital Geral de Montreal

Em 1884 foi para os EUA, sendo professor de Clínica Médica na Universidade da Pensilvânia e médico na Velha Blockley, o hospital mais velho do país, na Filadélfia. Já no final da década de 1880, foi nomeado médico-chefe do Hospital Johns Hopkins e quatro anos depois, quando a escola de medicina foi criada, tornou-se professor.

Imagem#2: Osler, um dos denominados “quatro de Baltimore “, fundadores da escola de medicina do John Hopkins. Fonte: https://www.semanticscholar.org/paper/H.-L.-Mencken-and-the-four-doctors%3A-Osler%2C-Halsted%2C-Roberts/32765b9ab87095b7a78024e70005b9daae536789/figure/1

O MÉTODO OSLERIANO: MEDICINA A BEIRA DO LEITO

Médico de leito e generalista, instituiu as visitas diárias em sua época, afirmando que o diálogo com o paciente era a melhor maneira de chegar a um diagnóstico assertivo. Além disso, Osler lecionava e passava sua melhor parte como médico aos seus alunos residentes, que findaram a aprender o método osleriano de ensino, que já fora instituído por ele naquela época.

É fato que a maioria dos marcos da medicina, hoje, são lembrados do meio científico ou em práticas que revolucionaram a medicina. Osler conseguiu se tornar uma inspiração para as futuras gerações seguindo um caminho diferente – o da prática de leito e ensino revigorado

Assim, considerado um dos maiores clínicos de todos os tempos por alguns, ele influenciou, também, a criação da Fundação Rockefeller (entidade sediada nos EUA em 1913 com intuito de promover, neste e em outros países, o estimulo à saúde pública, ao ensino, à pesquisa biomédica e às ciências naturais), expandindo seu legado de grande revolucionário para outros tempos e também grande apreciador da medicina da família.

HOMENAGENS À OSLER E EPÔNIMOS:

Devido ao grande destaque de seu nome dentro da área médica, Osler foi honrado várias vezes, tendo seu nome dado a diversas patologias:

  • Sinal de Osler é uma falsa leitura de hipertensão arterial devida à artério-esclerose.
  • Nódulos de Osler subcutâneos, dolorosos secundários a endocardite.
  • Enfermidade de Rendu-Osler-Weber (também conhecida como telangiectasia hemorrágica hereditária), é uma síndrome com múltiplas malformações vasculares na pele, na mucosa nasal e oral, e também com formação de fístulas pulmonares.
  • Filária de Osler: um parasito nematoide.
  • Síndrome de Osler: dores cólicas recorrentes com típica irradiação a espalda. Devido à litíase da ampola de Vater (ampola hepatopancreática).
  • Oslerus osleri (Filaroides osleri) Nematoide que parasita a carina traqueal dos canídeos, produzindo bronquite verminosa.

Assim, se não bastasse todos seus avanços em sua atuação como médico e professor, ele também recebeu o título de grande escritor na área da medicina.

Sua principal obra prima, o livro: ” The Principles and Practice of Medicine “.obra que conduziu o ensino por muitas décadas e estabeleceu Osler como a principal contribuinte no ensino da medicina moderna.

‘’EU ENSINEI OS ESTUDANTES DE MEDICINA NAS ENFERMARIAS’’

Dr. Willian Osler faleceu aos seus setenta anos, em 29 de dezembro de 1919, provavelmente vítima de gripe, na época de uma pandemia, embora seus escritos relatem uma bronquite. 

Em sua lápide foi escrito – sugerido por ele mesmo antes de sua morte – a seguinte frase: “ I taught medical students in the wards ” (eu ensinei a estudantes de medicina nas enfermarias). De fato, Osler o fez, e bem mais que isso, ele continuou a ditar os rumos da medicina mesmo após a sua morte.  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *